Siga o Portal do Holanda

Caso Flávio

Prefeitura abre sindicâncias para apurar uso de carro e servidor no caso Flávio

Publicado

em

Foto: Reprodução Tv Tiradentes

Manaus/AM - Vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM) estão reunidos na manhã dessa quarta-feira (9) com os representantes da Prefeitura, Luís Alberto Carijó e o procurador geral do município Rafael Albuquerque para cobrar esclarecimentos a respeito do uso de um carro e do servidor do órgão público no caso do engenheiro Flávio Rodrigues.

Foi aberto uma sindicância que pode durar de 30 a 45 dias para apurar o uso do carro oficial na noite do crime e outra para apurar a participação do PM Eliseu da Paz, que aparece entrando no Condomínio Passaredo na companhia de Mayc Parede e saindo com ele e supostamente Flávio no banco de trás cerca de 15 minutos depois.

Segundo Carijó, a ordem do prefeito Arthur Vigílio Neto é de que haja “total transparência” quanto ao caso. Quando questionados sobre o dinheiro usado para comprar as passagens de Alejandro que teria ido se internar no Rio de Janeiro e de outro funcionário da Prefeitura que o acompanhou na viagem, Carijó e Rafael afirmaram que as mesmas não foram compradas com o dinheiro público e afirmaram que isso ficará comprovado na sindicância.

A família de Flávio acompanha a reunião que segue em andamento na CMM.

CV e FDN matam sem controle em Manaus

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Conheça a história de Manaus e dos municípios do Amazonas


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.